28/05/2010

Quem aprova uma campanha dessas?

 Quando vi pela primeira vez, pensei eu não devo ter captado a mensagem. Mas isso continuou ocorrendo na 2° na 3° em diante. Cheguei ao seguinte veredito: Apesar de não seguir a linha nosense, não tem sentido. O inicio ate é interessante, a narrativa é leve passa um conceito de espírito aventureiro, chega a ser 'empolgante'. Mas o final, bem, parece que esqueceram do final, abandonaram o conceito inicial. Lembra muito aquelas piadinhas sem sentido. Pior que não tem graça nenhuma. Mesmo que tenha algum nexo escondido onde quer que seja, (que não acredito ser possível) não cumpre o dever: passar alguma mensagem ou ideia que seja.
 Os mais otimistas podem dizer: Ah, mais talvez a intenção seja essa, não ter nada a ver com nada e por isso ser pulverizada na web, seguindo uma forte tendência "viralesca". Mesmo assim não julgo valida a ideia. Primeiro porque não chega a ser interessante ao ponto de ser reproduzida com o mesmo animo e intensidade dos famosos virais. Segundo, mesmo que seja reproduzida, como aqui no QI, não é sobre uma perspectiva agradável. Confira e deixe a sua opinião nos coments.
Comercial - Peugeot Hoggar - Risoto

 Em segundo lugar temos outro filme publicitário, que assim como o acima, falta com o mínimo de senso. Este então, apesar de seguir uma linha nonsense, já caracteristica da marca AXE., não se justifica. Não diz o porque, motivo ou intenção, do homem ser um meio sofá, meio humano que assiste a jogos de futebol como os amigos e guarda mulheres em seu interior, sobre 4 patas. E foge do principio basico de qualquer peça publicitária, despertar o interessante. Veja:
AXE Play: Sofaurus



P.S. Parece que o pessoal da criação do 'comercial' Hoggar - Risoto captou a mensagem e substituiu a peça. Agora com um final mais decente. Uma mostra de que o primeiro não era bom ou não agradou mesmo. Em breve colocarei a nova versão aqui para comparação.

4 comentários:

Rodrigo disse...

Rapaz, essa do risoto aí é realmente tosca. Quando vi a primeira vez, eu pensei: "ahn!? O.o".

Mas tá passando agora a mesma propaganda, só que o final é diferente. Em vez do cara falar do risoto, ele fala algo como "dirigir meu carro não tem preço" (não é esse o texto, já que eu não lembro qual é. Só sei que fala sobre o carro!).

A da axe eu nem comento, pois eu achei ridícula. Na verdade eu acho a maioria das propagandas da axe ridículas... tá, às vezes tem umas muito foda, mas na maioria, eu acho besta. xD

Weydder Almeida disse...

Pois é Rodrigo, eles substituiriam o final mesmo. Perceberam a mancada que deram. Já atualizei o post, espero encontrar a nova versão para fazer a comparação aqui.
Vlw a dica
Abraços!

Anônimo disse...

Ué?! Vocês não entenderam?! É um comercial que tem continuação. No próximo, ele vai pro programa da Ana Maria Braga ensinar a receita do risoto.

Weydder Almeida disse...

hehehe, Vlw anonimo. O melhor dessa peça foi a piadinha que rendeu.